Logo Modtissimo
Notícias
MODTISSIMO REGISTA NÚMEROS RECORDE


Foram dois dias de enorme agitação em que ficou demonstrada a vitalidade e energia que o sector têxtil está a viver. Para além de reunir todo a indústria nacional, o Modtissimo teve a visita de mais de 500 compradores internacionais, numa edição de grande sucesso, que foi ainda coroada com a visita do ministro da Economia, Caldeira Cabral. 

As expectativas eram altas e foram mais que cumpridas. Com o espaço de expositores esgotado há meses e o anúncio da apresentação de centenas de novas colecções, as atenções da indústria internacional estavam focadas no Porto, para mais uma edição do Modtissimo, o mais antigo salão têxtil da Península Ibérica. Esse interesse veio a concretizar-se através da visita de 500 compradores estrangeiros, oriundos de toda a Europa, mas também de mercados mais distantes, como os Estado Unidos, a Colômbia ou o Japão. Um número de visitantes internacionais que representa um aumento, em relação à edição homóloga de 2017, de cerca de 30% em relação às anteriores edições.

Para além da multidão que passou pela alfândega ao longo dos dois dias, facilmente comprovada pela fila constante no check-in, esta edição destacou-se ainda pela aposta em produtos de valor acrescentado, nomeadamente no que toca à sustentabilidade e à inovação. 

Logo á entrada, o espaço Green Circle foi o centro das atenções e muitas empresas deram provas de como já estão preparadas para a economia circular. Com uma galeria de peças desenhadas por criadores nacionais, a exposição deu nas vistas pela exuberância das peças, numa demonstração clara que a moda ecológica não precisa de ser monocromática.

Também os ITechStyle deixaram o público boquiaberto com uma demonstração de peças inovadoras e revolucionárias, que atraíram a atenção de compradores nacionais e estrangeiros. Na edição deste ano dos prémios, a indústria nacional continua a dar provas de como anda de mãos dadas com a ciência de ponta e a cada novo dia cria novas funcionalidades e descobre novos materiais a utilizar.

Ao final do primeiro dia, o certame foi honrado com a visita do ministro da Economia, Caldeira Cabral. “Esta feira é a prova viva da saúde do têxtil e a demonstração de que o sector encontrou uma nova vida na inovação. A indústria têxtil portuguesa é hoje uma indústria de futuro”, afirmou Caldeira Cabral, após visitar os vários sectores do certame.

PRÓXIMAS DATAS: 27 e 28 FEVEREIRO 2019




voltar

Background
JORNAL T 1
Multitema
naia